JB recebe projeto que ajudará a melhorar previsão do tempo em Manaus


Pesquisadores do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), de São José dos Campos (SP), visitaram o Jardim no dia 10/08 e instalaram no local um medidor de temperatura, umidade e pressão, cujos dados serão usados para melhorar a previsão do tempo em Manaus.

A iniciativa faz parte do projeto Rede Densa, estudo nacional que, no Amazonas, é realizado em parceria pela Universidade do Estado do Amazonas (UEA), o Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (Inpa), e o Inpe. O objetivo é entender, entre outros aspectos, como se dá a formação de nuvens e como isso influencia o clima e o tempo na cidade.

“Esse é o sexto aparelho instalado em Manaus, mas pretendemos chegar a 16 estações na cidade. No Brasil já são mais de 100 pontos fazendo esse tipo de medida”, conta Irani Inácio de Pádua, meteorologista da Divisão de Geofísica Espacial do Inpe, que acompanhou a instalação do equipamento no JB.

O técnico Ribamar Mesquita realizou a instalação do equipamento no telhado do pavilhão central

Medindo o movimento dos continentes

O aparelho instalado no Jardim também ajudará os pesquisadores a monitorarem a movimentação do continente americano.

“Sabemos que o continente se move cerca de 20 centímetros por ano. Pode parecer pouco, mas para empresas como as petrolíferas, este é um dado importante, que ajuda, por exemplo, no posicionamento da tubulação de escoamento do petróleo”, diz Irani.

O Jardim foi escolhido para abrigar a pesquisa por reunir qualidades essenciais para seu sucesso: segurança, facilidade de acesso e a possibilidade de instalar o instrumento em área com boa visibilidade do céu. O aparelho deve ficar no Jardim por seis meses.

O técnico Pedro Raimundo de Faria realiza a instalação do cabos na parte interna do galpão

Última modificação: 2011/11/25 14:28